16/03/2017

FHM #19 - 2 pesos e 2 medidas



Ola , meus caros

   Hoje vamos tratar de uma polêmica que anda rolando pelos do Tricolor do morumbi , sucessor e antecessor no gol do tricolor . O ponto de como a mídia esportiva trata os dois , levando em conta que embora ambos estejam em posições diferentes , tem uma trajetória próximas e que tomaram rumos diferentes , afinal porque Dênis é taxado como o principal problema do elenco e suas falhas mostradas com ênfase e no outro lado , O M1TO tem sido poupado até demais em relação a suas escolhas táticas e as escalações , anda faltando medida para a imprensa que cobre o Tricolor ?



    Vamos falar do Denis , há 8 anos no tricolor , treinou 6 anos com Ceni e assumiu a meta em 2016 . O ano foi complicado e com muitas falhas , a comparação inevitável com o ídolo tricolor e peso para um goleiro jovem que tem uma função de suceder , 20 anos de reinado no Gol ; O inicio não foi fácil, o reserva Renan Ribeiro também não deu certo , foi sofrido para todo torcedor e foi possível ver que precisava de uma evolução , algo que ocorreu de 2016 para 2017
     O rendimento antes da titularidade entre 2009 e 2015 era regular ,sempre presente nos momentos certos , dai a aposta no goleiro vindo da Ponte Preta . O quadro mudou como dono do posto , talvez a insegurança , peso excessivo de ser goleiro do São Paulo fez com que a queda de rendimento aconteceu , dai a histórias vocês conhecem . Bem , por mais que mereça críticas , atacar e acabar com a carreira dele por falhar em ser goleiro de grande clube parece demais até para a imprensa esportiva nacional . 

    O Ídolo tricolor Rogerio Ceni se aposentou em 2015 , tendo 20 anos de são Paulo e uma carreira vitoriosa , se preparou por um ano e assumi o time após trabalhos de estrangeiros de Bauza e Osório e Ricardo Gomes que fechou a temporada . O retrospecto do Passado no time , tem garantido ao novo comandante , uma blindagem a seus erros e cobranças pelo lado da torcida . O inicio do trabalho tem sido bom , os resultados vem porém a crítica é a armação ofensiva sem ajustes e no rendimentos em certos jogos.
      O ponto que eu quero focar é o fato de muitas vezes parecer que evitam críticas ao Tecnico Ceni pelo espectro de Idolo e essa memoria recente vencedora . O RC tem pouca experiência , estudo por aqui e estagios fora do Brasil , se preparou mesmo que pouco a ser tecnico de futebol , no entanto é questionavel a paciência que se tem com ele e não com outros que iniciam suas carreiras como Carille , Eduardo baptista , Felipe Moreira e etc . Afinal o que tem de tão especial para ser imune a tudo e outros vivem o regime do resultado . 

   Concluindo ,  o que temos , vendo estes dois casos é que o caso de 2 pesos e 2 medidas da imprensa em relação a um jogador e um técnico . Os dois lados da moedas , o excesso e a falta de cobrança na cobertura do dia a dia , peso disso pode custar uma carreira . 

É isso , até a próxima  
 Não concordou , comenta ai