Donald Trump e os Muros


   Olá , meus caros 

   Você deve ter ouvido falar sobre o Muro de Trump , a barreira física na divisa entre México e Estados Unidos prometida e oficializada pelo novo presidente do EUA . A campanha contra imigrantes , principalmente Latinos , foi um marca da corrida presidencial , as frases clichês de "Recuperar os empregos roubados dos americanos " e " tornar America (USA) grande de novo " fazem bem clara a posição dele . O problema da questão é que a maior potência  do mundo precisa fechar as fronteiras para conseguir se reerguer ? os tais empregos que poderão ficar vagos com a política rígida contra os imigrantes , serão realmente ocupados ? o protecionismo , nacionalismo e as ações extremas poderão levar a uma gestão sustentável de um pais como o que Trump tem na mão ? É Por essas e outras duvidas que estamos fazendo esse texto hoje . 

    A crise econômica que afetou o mundo , acendeu a luz amarela em relação a crise social que começou ocorrer nas terras do tio Sam  . O conhecido american way of life teve uma queda com o crescimento do desemprego , a maior parte vem da Indústria e o resto vem distribuído pelos setores ; Qual a consequência disso , os problemas sociais batem a porta como a falta de moradia , saúde , afinal tudo é regido pelo privado , como o mercado imobiliário e o setor de saúde custeado totalmente pelo bolso do cidadão , um exemplo : caso corte 2 dedos num acidente e tiver dinheiro para 1 , terá que escolher qual deles será reimplantado . Isso é um modelo e sempre foi vigente na sociedade , aceito culturalmente
    O  motivo de todo o nacionalismo vem do quadro que eu acabei de citar , porém não justifica a raiva contra os estrangeiros . A presença deles  legalizados ou não , construiram as grandes cidades , ralaram nos serviços braçais , no comercio e outros empregos que eram explorados a salários baixos , coisas que os "Norte americanos " evitam hoje , como nos países de primeiro mundo , a população tem uma formação média , bem qualificada , ou seja quem já fez um faculdade vai querer ser garçom , trabalhar em obra , trabalhar em fast food ? 
      
   A postura do presidente Trump , agressiva e direta , tem causada um estranhamento até mesmo dentro do País , a questão é que os posicionamentos dele , vai contra o Mercado , o próprio povo . O anuncio de mais medida anti imigração reflete em alguns Estados que lidam bem com a questão do migrante em si , a revelia de governadores frente uma decisão do poder central , neste caso , justificado pela própria autonomia de cada Estado em aceitar ordens . O caso é que isso é um sintoma que talvez a gestão de 4 anos do partido Republicano seja turbulenta se todas as medidas polêmicas ou mais enérgicas  passem a ter mais respostas como essa que ocorre com 1 semana de presidência . 
   As medidas econômicas como o protecionismo e o nacionalismo parecem um dos fatores que possam ter levado o empresário ao poder e o desgaste do Obama .  A retração da economia  parece um fato recorrente em todo o mundo , quando o candidato vem falar de desse novo pacote de medidas e a recuperação dos empregos , a salvação que talvez os Democratas não fossem trazer , será mesmo que se fechar , frente o mercado internacional vai resolver muitos dos problemas que os EUA tem passado para reativar o seu mercado interno , só o tempo dirá . 
    
   Assim ficamos , a observar um governo norte americano a construir muros para barrar os mexicanos , outro para blindar sua economia , vendo rebeliões internas defenderem o imigrante . Os muros visíveis e invisíveis estão subindo e separando mais do que unindo , coisa que Trump disse o oposto em seu discurso de posse , espero que em meio a tantas paredes , haja espaço para diálogos e mudanças de  postura ,afinal se ele impor um governo de pura força vai acabar batendo na parede . 

Espero que tenham gostado , até a próxima 


Comentários

confira :

Especial Usp : Como foi o primeiro ano na Letras

Quinta do youtube #46 : 5 canais de artistas da TV