15/02/2013

Construindo Album capitulo #1

Beatles (Abbey Road - Metalica(black album ) - Esteban (Adios Esteban)  e Do you like ? (Coleção )
   
   Ola Pessoal 
    Post especial hoje para anunciar mais uma sequencia de Post falando musica sendo mais especifico : Albuns ou CD's como se conhece .  A Proposta é falar sobre cada detalhe do Album que é mais que um punhado de musicas gravadas num CD mas um trabalho que tem identidade e até uma Mudança social . Quando reconhecido o album marca epoca e assim marca como o Classico ou o mais vendido . 
    O CD hoje se vende menos e ja se lançaram Vinis e até albuns Virtuais mas o sentido é o mesmo produzir musica e vende- la . O que vem dentro deles não mudou , pode ter mudado os equipamentos , tecnologias e tipo de som mas o trabalho , criação que existem ainda ta bem vivo.

Até a Proxima Pessoal

Por @miyoshi_niceguy , um fã de  bons albuns

12/02/2013

Resenha n°4 - Jogos Vorazes


Ola , Pessoal da net e leitores casuais

População da capital
    Estamos nessa 4° Resenha da serie e ultima da 1° serie de 4 filmes . O filme foi sucesso e foi destaque em 2012 e é Jogos Vorazes(Hunger Games ) com Jennyfer Lawrence , Josh Hutcherson e Liam Hemsworth  sendo indicados a varios premios aos atores e aos filme  . O filme que tem como foco uma critica a midia dentro de um cenario irreal e futuristico usando o Bizarro para constratar e expor a critica aos regime totalista e controle midiastico sobre um certo grupo .

Apresentador dos Jogos Vorazes
      Sinopse : Num futuro distante, boa parte da população é controlada por um regime totalitário, que relembra esse domínio realizando um evento anual - e mortal - entre os 12 distritos sob sua tutela. Para salvar sua irmã caçula, a jovem Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) se oferece como voluntária para representar seu distrito na competição e acaba contando , com a companhia de Peeta Melark (Josh Hutcherson), desafiando não só o sistema dominante, mas também a força dos outros oponentes.

simbolo da Capital
    O 1° capitulo da Franquia Jogos Vorazes se apresenta num mundo futuro aonde os Estados Unidos se dividem em 12 distritos controlados por uma Capital . As diferenças entre a Capital (Capitol ) e qualquer um dos Distritos que são pobres e opremidos enquanto o dinheiro e a classe social opressora se apresenta por figuras bizarras e a abundancia na cidade aonde rolam os "Jogos vorazes" . O jogo entre o Bizarro da capital e a pobreza dos distritos agricolas ou industriais expõe a critica social alem de mostrar a situação da opressão sofrida via imposição do poder do Estado .

Abertura dos Jogos
    Outro ponto de critica é a feita a midia que se esquematiza via o Reality Show que da nome ao filme que é cruel porem aplaudido de pé pela audiencia e assim mostrando a influencia da midia a cada passo . O entendimento de como o jogo midiatico funciona pela protagonista ( Katniss) demonstra como manipular a midia ,a seu favor e a distorção de sua personalidade e a de seu Parceiro de jogo Meeta Pelark ( Entrando em caso da duvida de seus sentimento por Katniss )  . O filme faz uma critica a midia e sua manipulação para se manter no poder e poder dela .
Distritos 12
     O Cenario dos Distritos inspirou a boa trilha sonora que tem uma pegada Folk / Pop que foi premiada no Grammy 2013 como melhor Canção para midia Visual . Os Distritos do filme trazem a atmosfera da repressão e ao mesmo tempo de simples vilas tipicas do Interior dos EUA assim fazendo a trilha ter sua importancia sendo parte da historia .
    A luta de classes é um elemento forte na historia representado pelo dominio da capital sobre os distritos . Essa luta  que vai alem da desigualdade mas sobre o poder que a Capitol detem sobre as pessoas simples dos 12 Distritos que sao explorados e controlados pelos Pacificadores . A questão da classe dominante sobre os oprimidos representa uma situação muito presente até hoje .

    As atuações de Jennyfer Lawrence , Josh Hutcherson e Liam Hemsworth  geraram algumas indicações em premios como o teen choice , teen icon , MTV Movies Award , People Choice Award e muitos outros .
  Jogos Vorazes consegue ser um filme comercial e de sucesso com uma critica social atual seguindo a linha Infanto Juvenil que éalgo incrivel em relação as tradicionais franquias como Harry Potter . O filme não aprofundou em violencia extrema como poderia e tambem teve foco no Jogo em si e seus significados , assim o filme ganho em sentido e menos em um jogo violento como pode ser deduzido

Por @Miyoshi_Niceguy 

04/02/2013

A nossa necessidade de aparecer para o mundo


  

  "As vezes sinto vontade de escrever, as vezes tenho vontade de me expressar, de dizer tudo que estou pensando, sentindo, vivendo". Necessidade, mas necessidade de que mesmo? Necessidade de aparecer, isso faz parte da vida de todo ser humano, todos possuem o mesmo vício, poucos percebem.
   Creio que durante toda existência da humanidade as pessoas possuem esse "vício"de aparecer, se mostrar para os outros, porém atualmente essa necessidade aumentou drasticamente, nós temos que aparecer, precisamos gritar para o mundo ouvir "eu sou feliz" um dos principais mecanismos para isso é o tão amado Facebook o lugar exato para aparecer, para mostrar ao mundo "Eu existo...eu tenho uma vida muito boa...eu tenho pois melhores amigos do mundo"
   Não sou contra o Facebook, nem contra as demais mídias sociais, mas observo que as pessoas utilizam-no de maneira errada, na lógica a ideia de uma rede social é se socializar com pessoas, porém ao invés de seguirem o conceito lógico, elas acabam por usarem o site para se auto afirmarem, para mostrarem que existem, muitas vezes para se exibirem. Tudo de bom que acontece na vida, todas as viagens, passeios, encontros tem que ser retratado no Facebook, mas por que? Na minha opinião é por que  não basta ser feliz, não basta curtir uma viagem, não basta ter bons momentos com os amigos, temos que mostrar para todos que estamos bem,somos mega felizes, mas será que somos mesmo?
  Ao que me parece nós seres humanos estamos carentes de atenção, buscamos  tanto a tal felicidade, buscamos tanto a tal aceitação,e acabamos por nos perder em mecanismos que poderiam ser descartáveis, precisamos aprender a viver o momento, não precisamos relatar todos os momentos vividos para uma rede social, não é necessário aparecer,é preciso aprender que o momento vivido é o que importa,o resto é subjetivo. Facebook não é diário para relatar tudo, ele não manda em ninguém, não somos escravos dele e muito menos das pessoas, não precisamos de aprovação de ninguém, não precisamos transparecer a felicidade através de publicações no mural, seja feliz, viva e ponto.

   
Depois de algum tempo resolvi voltar.


Autor: Samuel Lucas