Quinta do youtube #66 : O fim do youtube e o medo de mudança

    

     Olá, pessoal 

     O tema de hoje é o status de mudança que vem carregando o youtube nos últimos tempos, empresa que começou em 2005 tem uma trajetória curta mas cheias de alterações, novos caminhos que deram o alavancar para se tornar dominante no setor. 

     Um dos temores comuns dos criadores que trabalham com o youtube é essa dinâmica da plataforma que altera todo o modo de atingir o público ou segmentos de conteúdo em alta como foi alteração da liberdade criativa para o Family Friendly(Amigão da família), se antes o poder de decidir quais tipos de linguagem ou referências ficava na consciência do youtuber e agora é uma outorga para todos que querem monetização e maior poder de visualização dos seus vídeos. 

     O youtube como plataforma vai levar anos para ter um concorrente em rentabilidade, audiência e tamanho no mercado audiovisual. O fim quando especulado será a queda dele como serviço dominante, a impaciência com as ações brutas da empresa com seus criadores tem tomado a proporção de quase uma mudança de cenário já estabelecido, se a plataforma perder os maiores canais ,teremos um outro momento de afirmação de novos gigantes, será o fim dele como conhecemos hoje. Esse medo do novo afeta os dois lados como a dependência de espaço e perda considerável de audiência que se o site perde-se Pew Pew Die, Kondzilla, WWE e outros grandes geradores de views, é uma relação que ambos dependem um do outro. 

    O site já foi diferente e menor, os pioneiros viram crescer e ajudaram neste crescimento da popularidade nestes anos, então por que o medo da mudança. A resposta esta na forma que ela vem depois de 10 anos limitar a liberdade que fez o site virar o que é atualmente, até os criadores mais fortes tem certos receios com a queda de números e as regras mais rígidas para monetização pois a plataforma tem o maior poder de alcance que nenhuma rede social terá. 

    Tanto o fim e a mudança são inevitáveis, o caso do youtube estamos falando de algo muito complexo que passa por uma relação produtor - plataforma e que as tensões que geram as mudanças e consequentemente um possível final para um dos lados que podem parar de produzir ou um site que se esvaziará como outros que já estiveram na internet. 

    É isso, pessoal 
    Até a próxima 
 

Comentários

confira :

os pontos positivos e negativos da Olimpiadas RIO 16

Quinta do youtube #79 : O início de um canal