27/07/2011

Guerreiros dos dias atuais


O Brasil atualmente esta entre as 10 maiores economias mundiais, sendo um pais que cresce cada dia mais. Mas nem tudo é tão perfeito quanto parece, pois essa riqueza não se traduz em boa distribuição de renda, um dos fatores que provam isso é o baixo salário mínimo de apenas R$ 545,00, que boa parte da população recebe e utiliza para se sustentar. Na lógica esse valor não é suficiente nem para o trabalhador se sustentar, mal da para viver quanto menos sua família inteira, mas o brasileiro é um povo guerreiro que por mais difícil que seja a vida sempre dá um jeito.
Os trabalhadores que recebem salário mínimo são grande parte da população brasileira. Esses assalariados geralmente trabalham oito horas por dia, muitas das vezes no sábado e domingo incansavelmente para sustentar a sua família e no inicio do mês recebem essa quantia deplorável, pois trabalham muito e ganham pouco por seus esforços de um mês inteiro, para receber um salário baixo, e com as dividas e impostos altos e alimentação esse dinheiro vai todo embora rapidamente. Uma verdadeira ironia pelo fato de ser conquistado de maneira difícil e demorada.
O país é sem dúvidas muito irônico, quem trabalha muito ao invés de ganhar muito ganha pouco. É lamentável esse fato ocorrer em um país que cresce tanto economicamente, mas não cresce a mentalidade dos governantes da Nação. Com isso o trabalhador que recebe o mínimo por seus esforços tem que lutar cada vez mais, pois se for depender dos governantes, ele nunca conseguirá nada na vida.
O governo tem orgulho de dizer ‘’O pais cresce cada vez mais, estamos entre as dez maiores economias mundiais”, a mídia apoia e divulga isso como se tudo fosse uma maravilha, o país cresce e se desenvolve. Outro dito muito popular do governo é dizer “ Milhões de brasileiros saíram da linha da pobreza e subiram para a classe média”. É, de fato, o país melhorou bastante, mas não é tudo tão perfeito o quanto parece. O governo e a mídia na maioria das vezes só citam os pontos positivos, mas os negativos o brasileiro só fica sabendo em época de campanha eleitoral. Dentre os pontos negativos que o governo não explica de maneira clara estão: a má distribuição de renda, os impostos altos e os locais onde são aplicados os impostos. Por que eles, os governantes, têm que ganhar salários tão altos se o país cresce tanto e o salário mínimo é tão deplorável? Citar as qualidades é fácil, expor os pontos negativos é difícil, para não dizer impossível.
Uma situação preocupante que muitos brasileiros nunca pararam para pensar é que a explicação lógica para a má distribuição de renda pode estar associada a alguns fatores dentre eles, a corrupção interna no governo, a disputa sem nexo entre os partidos da base aliada e a oposição que prejudica muito não a eles, mas sim a população. Os economistas do governo podem esta sendo manipulados pelos próprios governantes para não elaborarem uma distribuição eficaz pois dinheiro tem, mas muito mal distribuído ou uma hipótese que deve ser muito difícil administrar um país tão grande como é o Brasil.
Os trabalhadores que recebem o salário mínimo têm que estar sempre em uma constante luta para se manterem vivos, enfrentam dificuldades em vários momentos da vida. Não são santos, mas fazem milagres com o pouco que ganham, muitos além de sustentar conseguem adquirir bens de consumo com muita dificuldade como: eletros, moveis e até carro próprio. Esse fato ocorre por que o brasileiro apesar de toda dificuldade que encontra sempre dá um jeito, o famoso jeitinho brasileiro, povo que sofre, luta, mas acima de todas as dificuldades, entre elas o baixo salario, conseguem viver a vida sofrida, suada, complicada. Quem recebe o salário mínimo merece todo o respeito do mundo, principalmente do governo. Pois quem recebe tão pouco, enfrenta dificuldades, mas traz no rosto um olhar batalhador, cada dia é uma batalha em busca de uma vida melhor. É ou não é de tirar o chapéu para essas pessoas?!

Escrever é criticar o que tem de ser criticado e reconhecer a luta de um povo sofrido!

POR: Samuel Lucas (@samuellucas1)