domingo, 25 de setembro de 2011

O medo de errar


  O medo, a o medo, qual definição para o medo? Segundo o dicionário o medo é um sentimento de inquietação, um receio, temor. Definição boba essa, vocês não acham? Medo, o que tem demais? Todo mundo tem ele dentro de si, faz parte. Parte do que? Do cotidiano oras. Do cotidiano de quem? Do meu, do seu, do nosso.
A sociedade é medrosa se esconde atrás do medo, tem medo, e o pior deles é o medo de errar ou seria de acertar? Já começamos o dia com medo de perder as horas, mas que medo bobo né? Sim mas esse medo, vem do fato de se atrasar. Mas o que tem demais em chegar atrasado? Não é bom chegar atrasado. É um erro? Sim é um erro. Mas o que tem demais em errar? Simples quando se erra, quer dizer que não acertou, e o erro pode trazer consigo, uma boa demissão. Por isso todos tem medo de errar as horas? Exatamente.

  Em casa temos medo? Sim muitos. Mas por que tantos medos? Por existem regras a serem seguidas, não me pergunte quem as criou, mas elas existem. Em casa quando cozinhamos alguma coisa o arroz que seja, temos medo de errar no tempero, ou de queima-lo, ou não agradar os outros, ou seja, ele tem que ser bem feito. Alguém também criou a regra que a casa deve esta sempre arrumada, e nós com medo de receber alguma visita arrumamos. E as visitas ligam se a casa esta arrumada ou não? Não visita mal repara. Mas por que arrumamos tudo? É simples vivemos presos a um medo de não agradar, que esta diretamente ligado com o errar.

   E na rua também temos medos? Sim, sempre temos. Cita um exemplo? Com todo prazer. Vivemos presosà regra que temos de andar calçados, e sempre estamos com um chinelo, ou sapato. Dificilmente alguém anda descalço em pleno centro da cidade. Mas quem disse que não pode andar descalço? Não sei, só sei que a sociedade obedece isso. Com certeza algumas vezes já tivemos a vontade de andar descalços na rua, mas temos vergonha. Seria um tipo de medo? Sim mais um medo idiota, fulano X e fulano Y usam sapatos, então também temos que usar,andar na linha, ser igual, não posso ser diferente, afinal vivo preso a um medo.

 É verdade que até em meio aos amigos existe medo? Sim existe. Qual por exemplo? O medo de dizer, EU TE AMO para um amigo. Mas por quê? Oras por medo de ser mal interpretado. O EU TE AMO o que tem demais nisso? O que tem demais, é que as próprias pessoas levam tudo em um sentido secundário. Como assim? Elas pensam que o EU TE AMO é só na relação marido e mulher, no restante ele é pouco aceito, é visto como um interesse, etc e tal. Então com isso pense.Quantas vezes você já disse para um amigo EU TE AMO? A pergunta é para mim? Sim é para você mesmo, que esta lendo esse texto...

@samuellucas1

0 comentários:

Postar um comentário

Se expressem , gritem , cornetem , comentem

Grato , blog 2 cabeças viajantes