Reflexões de um 8 de março

    

     Ola, meus caros leitores

   Ontem foi o Dia  Internacional das Mulheres , data histórica que marca a luta por igualdade há mais de 2 séculos . A data já foi consumida pelo Mercado de flores e outras coisas ligadas a feminilidade , o real sentido de luta e reconhecer que não é um dia só de comemoração e sim de avaliar conquistas e ter novas metas pra combater o machismo e a violência .
     O que dominou as ruas e a internet foi o senso comum de presentear as mulheres com flores , uma declarações de amor ao sexo oposto e pouca reflexão .  Os dados e acontecimentos até esse início de ano são claros no aspecto de indicar que a situação da Mulher mudou para melhor porém pouco o avanço em relação a trabalho e a violência que se mantém  dentro de todos os ambiente que elas se fazem presentes , vale o exercício de pensar no que há para se comemorar dentro de um cenário tão difícil para a existência delas dentro da sociedade e a quantas anda o processo de equiparação de salário , inclusão no mercado de trabalho e as medidas para evitar os assédios e agressões .
    Dentro de uma matéria do Trivela , apenas 4 times grandes de um país que tem 4 divisões soube entender qual o real significado desta Data . A relação publica e a questão da Mulher como uma publicidade positiva gera uma situação de vexames para essas assessorias de imprensa , tratar do assunto como algo banal e isso não reflete a função que fazem torcedoras para o espetáculo do jogo , merecia mais respeito da parte de quem faz esse área , o respeito por toda Mulher que gosta e participa do esporte . Com isso fica claro que o Futebol ainda é um meio machista .
    O fato que foi ignorado com tudo que ocorreu ontem , foi a marcha das mulheres na Paulista que foi marcado por briga política nos Jornais e não se falou das próprias causas que levaram todas elas as ruas para chamar atenção a pautas conhecidas e insistentes referentes as questões femininas como as diferenças entre homens e mulheres e a violência crescente em vários aspectos como física ,moral  e sexual nas cidades , indo a pontos mais densos que merecem debate público . O que dizer de um meio que carrega traços de machismo e conservadorismo , desviar o foco de um dia tão duro e marcante e transforma-lo em dia de vendas de flores e discursos vazios sobre o sexo feminino .

Links relacionados  :

http://abracen.org.br/abracen/venda-de-flores-devem-cair-no-dia-internacional-da-mulher/#.VuDPPUCFlxU
http://brasildebate.com.br/mulher-mercado-de-trabalho-e-desigualdade/
http://trivela.uol.com.br/santa-cruz-coritiba-ponte-e-flu-entenderam-o-significado-do-dia-da-mulher/
http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2016-03/ato-na-avenida-paulista-tem-reivindicacao-de-mulheres-e-rejeicao-golpe
http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2016/03/08/ato-pelo-dia-da-mulher-em-sp-se-separa-entre-contra-e-a-favor-de-dilma.htm


até  a próxima , @Miyoshi_niceguy


Comentários

confira :

os pontos positivos e negativos da Olimpiadas RIO 16

os melhores smartphones de 2017 segundo o Zoom