13/07/2017

Quinta do youtube #25 : Crise criativa

 
   Olá, pessoas 

    Hoje na quinta do youtube, o tema é crise criativa que é um processo de desgaste dos criadores de conteúdo e os modelos vigentes do entretenimento. O problema acontece com pequenos e grandes canais que de uma hora para outra tem um bloqueio seja por cansaço de certo quadro, acabar as ideias ou ficou mecânico demais, isso é um dos desafios de quem se propõem a ser videomaker nos dias de hoje.


   A renovação constante nos tempos de internet mudou o ritmo que modelos novos entram e a duração da onda de Hype sobre algo, ou seja estamos enjoando rápido e queremos consumir cada vez mais. Os youtubers são pegos de surpresa e o canais estagnam sem saber o que fazer, tem os que se reconstroem e outros param; No geral, quando se livra de bloqueios criativos, encontra-se novos formatos ou novos modos de fazer o antigo, entrar em reflexão faz parte de um processo infinito que é criar um produto que é consumido a seu tempo e de um momento a outro pode perder seu efeito.

    O conteúdo reflete o crescimento pessoal do criador dele, o que mais afeta a recepção de novas ideias é a resistência que os fãs podem ter dela. Outro ponto relacionado a crise criativa é a imobilidade de imagem que prende alguém a não sair daquele tipo especifico de vídeo e isso faz parte do mercado, é frustrante e incômodo se prender e não poder algo novo. Neste cenário é complicado mesmo driblando a falta de perspectiva pra um novo projeto a longo prazo, não conseguir mudar retrata bem a crise. 

     Pra encerrar, falando de um assunto tão difícil, as minhas crises com os diversos tipos de textos e tentativas infinitas de mudar este blog. Já perdi as contas de ideias que testei e sei lá , não deu muito certo para mim ou a respostas nos números, já entrei em parafuso e ficar pensando com que poderia melhorar a escrita ou recepção dos textos na época que tinha 80 views por dia . No final aprendi a confiar nas novidades e ver se funciona, se não tento outra coisa. 

É isso, pessoal 
até a próxima