Crônica da semana: Pequenos problemas e grandes problemas

            

                      Olá pessoal 

              O tema dessa semana é a visão da vida, o modo individual como enxergamos os problemas do mundo, a perspectivas do que é grande e urgente e casos pequenos que podem ser deixados para lá. A questão do que é importante só para você e o que se coloca como uma causa/prioridade para a sociedade a sua volta, essas coisas que não para evitar. 

               Desde o momento que se acorda para a vida, se tem noção que a vida ao redor tem seus defeitos cotidianos e os que envolvem você e sua família, depois o seu grupos de amigos e por fim, da sociedade em geral. A sua sensibilidade para entender e empatizar com elas depende do modo que te criam, você se cria e as suas experiências com dor ao longo da jornada; O valor que você dá para estes contratempos e a força que temos para enfrenta-los, de fato quando se torna mais resistente os problemas diminuem de tamanho.     

           É muito importante salvar as abelhas, baleias e florestas tanto quanto ser correspondido no amor, dentro de suas categorias são super importantes, a sua balança pessoal deve ser para qual lado será o grande problema da nossa vida e outros que agente se importa mas age menos em torno daquilo.  As suas prioridades mudam dentro da dualidade Eu x mundo, como diria Carlos Drummond de Andrade: "Tenho apenas duas mãos/ e o sentimento do mundo", conviver com a sensação do mundo grande e nós pequenos ou vice versa, o famoso escolher pelo que sofrer e o que decidir que por aceitar como parte do mundo. 

          Gosto de debater, refletir o que são problemas grandes e pequenos, a capacidade de entender o que é realmente importante no âmbito pessoal e social. A vida te dá escolhas em questão de simpatizar com grupos sociais, pessoas da família e fora dela que agregam valor e que no final das contas: os problemas se misturam e prioridades surgem no mesmo momento que pequenas paranoias que criamos na nossa cabeça. 

           Para finalmente dizer, sejam grandes problemas ou pequenos problemas temos que resolve-los, pode ser uma besteira ou uma crise do tamanho do mundo mas tem que se lutar por uma solução. Não fuja das coisas que o atormenta e entenda que os problemas pequenos se tornam imensos só se agente deixar acontecer. 

Confira nossas redes sociais

                É isso, pessoal 
                Até a próxima 

                 

Comentários

confira :

Quinta do youtube #124: Algoritmos e a busca da bússola de ouro