terça-feira, 6 de dezembro de 2011

As mentiras básicas de cada dia



   Um dos fatos mais comuns em uma sociedade chama-se Mentira. Um hábito que é praticado por todos em praticamente toda a vida. Todo mundo há executa no dia a dia, dos mais pobres até os mais ricos com exceção dos nossos amados e honrados políticos. É uma mentirinha de lá, outra de cá. Tanto que eu já comecei o texto mentindo.
   A sociedade brasileira é mentirosa, é isso mesmo mentirosa, todo mundo tem que mentir pelo menos uma vez ao dia, uma vez que nada, varias vezes ao dia. Exemplos é o que não falta ai vão alguns exemplos de mentirinhas básicas:
·         Sempre que encontramos alguém conhecido na rua durante algum período do dia desejamos o que? Bom Dia/tarde/noite. Mas quantos de nós desejamos um bom dia/tarde ou noite boa de verdade para aquela pessoa?
·         Sempre que alguém nos pergunta às horas. Supondo-se que são 14h36min min, na maioria das vezes não respondemos 14h36min, nós respondemos 14h40min, ou seja, sempre arredondamos. Isso é uma mentira? É claro que é, é pequena, mas é.
·         Sempre que tem um aniversario, desejamos a mesma coisa para o aniversariante. “Parabéns tudo de bom” tudo de bom como assim? Essa frase é muito falsa, até as pessoas que mau conversamos falam isso conosco. (com suas exceções).
·         Muitas vezes quando passamos mau sempre inventamos alguma desculpa para não ir ao médico.
·         Muitas pessoas dizem que não tem medo de morrer. (A vá) todo mundo tem um pouco de medo, ainda que seja bem lá no fundo, mas tem.
·         Muito dizem “Se um dia eu ganhar na Mega-Sena eu vou ajudar todo mundo” será? Ou vai sumir com medo de ser sequestrado e ninguém nem vai saber que você ganhou?
·         Às vezes quando estamos conversando com alguém dizemos uma frase clássica “Vou ali e já volto” É tem vezes que não voltamos e deixamos a outra pessoa no vácuo. E disse que voltava né.
·         Quando temos uma tarefa considerada fácil de ser feita dizemos “A eu faço isso até de olho fechado e com o pé nas costas” a não faz não pode ter certeza.
·         Quando vamos à casa de alguém almoçar, por exemplo, e a comida tá horrível, ao final da refeição sempre dizemos que estava uma delicia. Essa é clássica.
·         Quando ganhamos um presente que não gostamos “Nossa adorei, muito obrigado” mentira a nossa vontade era dizer “Que merda é essa, custa me dar um presente, e quando da me da essa porcaria, eu odiei”Mas é lógico que não vamos querer magoar a pessoa.
   Eu minto, tu mentes, ele mente, nós mentimos, vós mentis, eles mentem. A Moral da história é que antes de chamar uma pessoa de mentirosa, lembrem-se no fundo, no fundo todos nós mentimos, um grande abraço para todos.(Olha a mentira no final...)

@samuellucas1

0 comentários:

Postar um comentário

Se expressem , gritem , cornetem , comentem

Grato , blog 2 cabeças viajantes