segunda-feira, 12 de março de 2012

O Ricardo Teixeira abdicou do trono, mas será que os problemas acabaram?




   O que para muitos era impossível aconteceu, o dia de São Nunca finalmente chegou (tudo bem eu exagerei um pouco), fato é que o Ricardo Teixeira finalmente renunciou do cargo de presidente da Confederação Brasileira de futebol (CBF), o anuncio foi dado oficialmente nesta manhã de Segunda Feira. Essa foi uma grande noticia aguardada a um bom tempo, mas será que os problemas acabaram de vez?
   Boa parte da imprensa e da população aguardava o dia em que o Ricardo Teixeira iria deixar o cargo de presidente da CBF, nas ultimas semanas ele alegava alguns problemas de saúde e cogitava a possibilidade de uma licença do cargo, muitos acreditavam que ele só se ausentaria, pois o próprio afirmava isso, porém nesta segunda feira a noticia de que ele se afastaria definitivamente do cargo pegou muitos de surpresa, pois muitas pessoas acreditavam que de fato ele cumpriria o seu mandato que iria até 2015, para alivio de muitos isso não acontecerá.
   Ricardo Teixeira presidiu a CBF por 23 anos, durante esse tempo o Brasil conquistou dois campeonatos mundiais, títulos da Copa das Confederações, da CopaAmérica, entre outros, sem duvidas foram anos marcados por vários títulos e inúmeros craques. Porém nos últimos anos inúmeras polêmicas marcaram o nome do presidente da CBF, e a decadência do futebol da seleção também ficou cada vez mais evidente, o desgaste já era grande e a renuncia de Ricardo veio em um momento que já passava da hora, mas é preciso lembrar que os problemas não acabaram.
   A Copa do mundo de 2014 esta se aproximando, não temos mais o Ricardo Teixeira o que é um fator positivo, mas ainda existem muitos assuntos para serem resolvidos, como por exemplo, o andamento das obras que estão se desenvolvendo em um processo muito irregular tendo em vista que faltam pouco mais de dois anos para o início do evento. Outro fato preocupante, talvez o pior deles é que ainda não temos uma seleção formada para a disputa o torneio, e o pior é que a geração atual não é tão brilhante como as antepassadas, não temos grandes craques apenas alguns bons jogadores, e também não temos um conjunto que passe confiança, ou seja, é preciso que sejam tomadas providências imediatas.
   A pergunta que não quer calar é: vai ter copa no Brasil? A resposta é evidente sim teremos a Copa, logicamente que os estádios serão entregues em cima da hora, a estrutura não será das melhores pois não há mais tempo para isso, mas provavelmente teremos sim a Copa aqui em nosso país. Porém analisando o fato de não termos uma seleção até o então momento, a conquista do Hexa ficará para 2018 caso não mude nada, se mudar e montarmos uma seleção competitiva se é que é possível ai sim competiremos no evento, caso contrário seremos apenas meros anfitriões.

Autor: Samuel Lucas

0 comentários:

Postar um comentário

Se expressem , gritem , cornetem , comentem

Grato , blog 2 cabeças viajantes