Quando uma serie morre por Jessica Marques

     

      Olá , meus caros
    
       Temos hoje um texto enviado por uma pessoa que já postou alguns textos aqui , Jessica Marques , Ela me mandou e eu me interessei em publicar pelo assunto : Series , que é um gosto comum hj nessa vida contemporânea . Traz uma analise singular que é a sensação de quando a sua serie favorita "Morre " , antes de acabar de verdade , lembrar que series não duram mais do que 4, 5 temporadas e poucas fogem dessa regra .
   Agora o texto na Integra :

       "  Não.

Não estou dizendo quando acaba, termina ultima temporada ou quando é cancelada, estou dizendo quando morre; e sim ela ainda está no ar mas já não te desperta interesse. pode ser que você ache que é exagero, até mesmo drama, mas esse é meu sentimento, eu demorei para entender o que eu estava sentindo, então finalmente, me veio; eu estava de luto.

Quando finalmente percebi quais eram os sentimentos que estavam me atormentando, também me dei conta de duas coisas:

1) eu precisava tirar isso do meu peito e não existia outro modo se não fosse compartilhando isso. Falar me pareceu um pouco demais, também não teria ninguém para escutar, principalmente para compreender.

2 )sim, ela morreu! E essa foi a parte mais difícil.

A morte é essa coisa efêmera que quando menos se espera chega, tudo morre isso é fato, nem todos lidam muito bem com esse fato, admito que não tive que encarar essa realidade muitas vezes no decorrer da minha vida. Nas poucas vezes que isso aconteceu e não foi tão difícil quanto agora.

Sim, novamente pode achar ridículo, afinal era apenas uma serie, nada importante, mas se você já passou por isso sabe exatamente o que estou sentindo. uma serie quando você se apega a ela se torna parte da sua vida, tão importante quanto uma pessoa. Você espera por ela, você se diverte , identifica a agonia dos personagens é a sua, a tristeza deles é a sua, a alegria deles é a sua. Você se envolve e ela ganha um lugar no seu coração, ela desperta sentimentos em você e você passa a querer ela no seu dia a dia, você compra produtos relacionados a ela, você literalmente veste a camisa, então quando ela morre, é muito pior do que quando ela acaba.

         Pois quando acaba fecha um ciclo, encerra e você tem maior facilidade de seguir em frente, você apenas arquiva no cérebro aquela serie e classifica: foi boa, foi ruim, amei, odiei, sempre vou lembrar... Alguma coisa que não sei explicar te conforta, acho que é o fechamento, a sensação boa de cumprimento, aquela sensação de: pronto, acabou, não tem mais vamos, para a próxima.

No entanto quando ela morre é muito pior por que você ainda tem esperança, você tenta não ter, mas a esperança espreita através da mais ínfima rachadura, mesmo a mais forte das armaduras tem um fresta por onde a esperança se esgueira e passa, direto para o coração e essa esperança que machuca. Ela é aquele suspiro insistente mesmo quando você sabe que vai se afogar.

E agora escrevendo começo a me sentir melhor, esse peso começa a sair do meu peito e percebo que estou na quinta fase do luto: aceitação. Olhando para traz vejo que passei por todas as fases, no final da ultima temporada eu já havia notado que a serie não seguiria um bom caminho então, entrei em negação; me recusei a ver o ultimo episódio sem antes ser lançado o primeiro da nova temporada, eu esperei e minha recompensa; foram dois episódios de angustia, depois de meses de espera. Eu não tinha notado e não queria notar que a serie não seria mais a mesma então comecei a procurar spoilers, para manter a esperança, com a promessa que voltaria a assistir quando um episodio tivesse boas noticias, mas cada spoiler e novo episodio, era apenas mais um prego no caixão, mais uma pá de terra sobre ele. E eu senti raiva dos autores, minha reação foi procurar fóruns onde eu pudesse depositar meu ódio, então esse ódio começou a se dissolver em um lago de frustração e angustia. Eu estava gritando no meio do deserto, alguns poucos gritando junto comigo. Isso não mudou nem muda nada, os autores não se importam com meia dúzia de fãs desgostosos. Então cai em um poço de tristeza e parece que no fundo do poço existe areia movediça.

Agora percebo fases de raiva e negociação estavam misturadas e por isso foram muito mais penosas de passar e agora a aceitação começa com ainda algum vestígio de depressão, acabo de começar a aceitar esse fato e isso é triste. uma parte de mim foi embora. Me identificava muito com dois dos personagens e justamente eles, a história deles foi mortalmente modificada e já não tenho mais esperanças, eles me faziam assistir todos os episódios, eles me faziam gostar do restante do elenco, eles me inspiravam e agora eles não são mais eles. É uma sensação muito estranha, de nó na garganta e lagrimas presas, finalmente perceber e admitir que, eles não são mais eles, perdi.

Acho que a única experiência parecida foi ter perdido meu cachorro, mesmo assim foi mais fácil e mais difícil, mais fácil por que era real palpável, a morte irreversível e nem os meu melhores esforços ou o mais sofrido choro faria ele voltar, era hora dele e é assim com tudo o que é vivo e mais difícil de aceitar que nunca mais vou ouvir seu latido quando eu chegar ou fazer carinho nele.

Com a serie é difícil aceitar que eu não posso mudar nada, que nenhuma das minhas reclamações será ouvida por alguém que possa mudar alguma coisa. Mesmo que tudo o que eu fizer é em vão e ainda sim ela continua lá como um fantasma, piorando e piorando, arrastando mais e mais na lama o conceito que me fez amar aqueles personagens, transformando eles em coisas totalmente opostas e não há nada que eu possa fazer a não ser não ver mais, não procurar mais spoilers, desapegar. Basta saber como fazer isso.

Meu amor, vicio, obsessão por essa serie, por esses dois personagens era tanto que eles eram o bloqueio e plano de fundo de todos os meus aparelhos eletrônico. Apenas olhar para eles me dava paz, o tema da série era meu ringtone, sinto me desamparada, os outros percebem que já não estou mais tão feliz, mesmo as coisas na minha vida finalmente dando certo, essa perda me tirou o brilho, me levou o animo. A decepção com um personagem especificamente, com quem eu mais me identificava, me fez desmoronar, esse personagem era um pilar e agora está sujo, caiu do pedestal, perdeu meu respeito, depois disso não quero mais ter esperança, percebo que a esperança, nesse caso, não tem sido uma coisa boa, digo a todos que se sentem da mesma maneira que e que estão passando por isso, seja com a mesma serie ou outra, a esperança é apenas um veneno, ela vai te matando aos poucos. Agora notei que um pouco da minha alegria morreu esperando que essa serie ressuscitasse, mas isso não vai acontecer. O que resta é me desfazer dos pertences da falecia de seguir em frente, já tirei as fotos das telas dos meus eletrônicos, guardei no fundo do guarda roupas as outras coisas que tinha deles e vou desativar as notificações sobre novidades da serie.

E o ultimo e mais difícil passo, o que me dava esperança e me fazia gostar mais dos personagens pelo qual já tinha enorme apreço, vou parar com as fanfictions. Será um golpe duro parar, elas preenchiam muito do meu tempo, tanto ler elas como as escrever era uma alegria imensa, as comunicações com os autores das fics eram o ponto auto do meu dia, elogiar a boa escrita, os enredos envolventes e pequenas referencias ao show, imaginar o futuro dos personagens era ótimo. Construir e passear por um mundo de ilusões, mas não existe mais inspiração, os personagens que roubaram o meu coração e o de todas essas pessoas, não são mais eles, são ... eu não sei mais o que são. São apenas personagens como todos os outros de qualquer outro seriado, filme, qualquer coisa. Perderam o diferencial, o que fazia deles únicos e diferentes, os autores fizeram pior do que matar eles, os autores deixaram eles sujos, comuns, roubaram eles de uma horda de fãs agora decepcionados, desamparados.

Admiro aqueles que ainda conseguem manter alguma esperança, a minha infelizmente se foi, se foi levando uma parte de mim, por que admitir, não admitir para qualquer pessoa, mas admitir para mim mesmo, que a serie a que tanto me dediquei que tanto amei, que tanto me inspirou, aquela serie morreu. Não ela não acabou, mas o que agora está no ar não é mais o que eu gostava o que eu amava assistir, é uma coisa totalmente diferente usando os personagens que eu costumava amar apenas como cascos vazios, rostos que costumavam significar alguma coisa, agora são apenas atores fazendo papel de pessoas comuns. Não é o fim é pior que ele. A mudança nem sempre é uma coisa boa ou ruim apenas uma coisa nova, mas o novo aqui é horrível, diante desse novo prefiro o vazio, aceito o vazio, lamento mas, aceito, afinal é a única opção que resta.

Jessica Marques 


edição e revisão :  @Miyoshi_niceguy
 Mais textos dela Aqui :  Link

Até a próxima , galeris
@Miyoshi_niceguy

Comentários

confira :

Especial Usp : Como foi o primeiro ano na Letras

Quinta do youtube #46 : 5 canais de artistas da TV