FHM #64 : SP 2018 - origens da crise no Tricolor.

 

   Olá pessoal 

   O tema de hoje é o Tricolor Paulista, vivendo altos e baixos desde seu último grande título em 2008 e vem fazendo um caminho tortuoso com pequenas vitórias, flertes com a Serie B. Faz 10 anos que a crise política e institucional vem afetando o futebol e gerando uma fase de seca que dura até agora. 

   Para o torcedor São Paulino mais experiente vai lembrar da melhor fase do time que aconteceu com as conquistas continentais da década  de 90 com o duplo libertadores - mundial além de um time competitivo que deixou saudade na passagem de Telê Santana; Indo mais um pouco a frente na história recente temos mais um pacote libertadores- mundial ,além dos Paulistas e Brasileiros com o técnico Muricy Ramalho foi uma época de ouro na administração, finanças e no jogo jogado. 

   O atual cenário do Tricolor é bem diferente, sem grandes times e com campanhas pífias esta sem ganhar Paulista a 13 temporadas, Brasileiro a 10 temporadas, Competições continentais a 6 temporadas. Isso tudo reflexo das gestões que sucederam Marcelo Portugal Gouveia sendo eles Juvenal Juvêncio, Carlos Miguel Aidar e Carlos Augusto de Barros e Silva(Leco), todos tiveram sua parcela de culpa com as suas gestões : contratações,demissões e decisões controversas na relação com outros grandes Paulistas. 

   O time do Morumbi saiu de exemplo de administração para crise política e institucional, problemas sinônimos dos rivais passou a ser dele dentro das paredes do clube. Houve brigas por poder, demorou para entender que o estrago de uma disputa de ego fez com o time de sucesso se tornou outro que perdeu o poder de fogo frente o crescimento do Corinthians e Palmeiras nos anos seguintes, nem toda estrutura de futebol foi capaz de segurar os efeitos de seguidas más administrações. 

    É preciso entender que o termo "Crise" é uma palavra constante desde 2008, uma conquista de Copa Sul-Americana em 2012 foi uma exceção quando uma das poucas revelações que deu certo no clube que foi o Lucas deu o título ao time daquele ano. Os baixos e a seca de conquista são claros efeitos de uma permanente desarranjo da direção seja técnico ou financeiro que são elementos fundamentais para voltar a ganhar como um clube grande como o São Paulo, derrotas vexatórias e decepções com inúmeros bons jogadores ficam na memória da torcida. 

    A solução para este momento é longe de ser simples : uma renovação de gestão, melhores reforços e profissionais para pensar o futebol, uma atitude vencedora, entre outras coisas. O primeiro passo é voltar a vencer e ver os cofres cheios, para o clube voltar a se agigantar no cenário do futebol brasileiro, longe da arrogância do momento "Soberano" mas com um trabalho mais sério de todo mundo. 

 É isso, pessoal 
Até a próxima 

   
 
   

Comentários

confira :

os pontos positivos e negativos da Olimpiadas RIO 16

Quinta do youtube #79 : O início de um canal