domingo, 18 de setembro de 2011

O lado irônico da Tecnologia (PARTE 1)

Tecnologia que não da para acompanhar




    A tecnologia é um dos maiores avanços da humanidade isso ai todo mundo já sabe. O grande problema é que a tecnologia avança tão rápido, que fica quase impossível, acompanha-la, haja dinheiro para comprar todos os recursos que ela nos oferece.
   Hoje em dia surge com grande frequência algum produto novo no mercado, geralmente com um preço muito salgado, o que torna difícil, aderir ao produto. Ou seja, existe um grande avanço a cada dia, mas o preço não permite, que boa parte das pessoas possa comprar com isso o jeito é ficar na vontade e esperar o preço abaixar, e quando abaixar tenha certeza já vai existir um produto muito melhor, se as pessoas pararem para pensar, elas não compram é nada.
   É muito comum comprarmos algum produto, como por exemplo, um celular. Compramos um celular hoje ele é novinho, zerado, super moderno, enfim é aquele que todo mundo quer ter, nós desembolsamos um bom dinheiro e aderimos ao produto, muitas vezes um dinheiro que nem tínhamos, mas mesmo assim compramos. O que a tecnologia faz? Faz que pouco tempo depois surja um aparelho muito melhor que o nosso, o que nos deixa com raiva, pois aquele aparelho super legal que compramos, já está fora de linha, não vale mais nada, já quase jogamos ele na parede.
   Outro fator irônico da tecnologia é que muitas das vezes as grandes empresas lançam à segunda versão de algum aparelho, na lógica ela deve ser muito melhor do que a primeira certo? Errado, pois nem sempre isso ocorre, é comum algumas empresas lançarem a segunda versão com um misero recurso a mais do que a versão anterior, ou seja ambas as versões fazem praticamente a mesma coisa, mas só por que a segunda tem um designer diferente, ou um aplicativo a mais, ela é vista como melhor e mais moderna. Com isso o consumidor que se ferra e a empresa lucra.
   Que a tecnologia é fantástica isso é inquestionável. Porém ela também é muito irônica como apresentado nos fatos acima. Se quisermos ter alguma coisa nova hoje, temos que ter dinheiro. Se quisermos tentar acompanhar a tecnologia hoje temos que ter muito dinheiro e acima de tudo ser espertos, pois as empresa só querem ganhar. E olha que eu nem citei o pobre trabalhador que ganha R$545,00 por mês como que ele faz para aderir a algum novo produto que a tecnologia oferece? Essas são cenas do próximo capito, na segunda parte desse post. CONTINUA...

É bom estar de volta...

@samuellucas1

0 comentários:

Postar um comentário

Se expressem , gritem , cornetem , comentem

Grato , blog 2 cabeças viajantes