terça-feira, 11 de outubro de 2016

Os dois lados da vida





Olá,

Os 2 lados da vida. Qual lado você escolhe?

1° lado da vida: [N]ascer, [C]rescer e [E]voluir (N.C.E)

      Muitos de nós, vivemos em mundo totalmente vasto de informações, aonde se tem notícias 24 horas e tudo mais o que possa imaginar. A tendência de um ser comum, é: crescer e evoluir mentalmente, fisicamente e espiritualmente. Correto?
     Temos tudo para que isso ocorra, diversos meios para progredirmos na vida. Crescemos idealizando um futuro próspero… no qual, nos tornaremos seres capazes de tomar nossas próprias decisões e fazer o que é correto.
   Evoluímos, para alcançarmos um nível de consciência muito mais elevado dos demais. Buscamos informações, conhecimentos para sempre estarmos ciente de que nunca e em nenhum momento somos o dono da verdade, e muito menos sabemos de tudo.
   Enfim, somos capazes de discernir o que é importante e o que não é para nossa vida. Sendo assim, faça tudo o que for preciso para “manter este processo de evolução” em sua vida.

Reflexão: Abra mão do que não é valido para você hoje, algo que te faz desviar do foco e faça um plano de ação para sua meta com toda prioridade do mundo.

2° lado da vida: [N]ascer, [C]rescer e [R]egredir (N.C.R)

        Infelizmente este é o lado da vida, no qual nenhum de nós gostaríamos que acontece. O mais interessante deste ponto, é que para que isso não aconteça, só depende de uma única e exclusiva pessoa: “Você”.
     Conforme o lado (N.C.E) citado a cima, qual motivo você teria para regredir? É difícil de entender sem uma análise fria e direta, pois aqui vai:
   Como havia dito, crescemos e evoluímos, o normal. O básico da vida. Mas infelizmente, muitas pessoas deixam se levar, seja por vícios, ou por outros hábitos nada agradáveis para o seu senso comum.
      Alguns exemplos que temos, após perguntar para essas pessoas que não encontraram o rumo de suas vidas são:

  • “ Eu não ouvia a minha mãe, sempre me achei sábio demais para decidir o que é melhor para mim. “

    Lembra do que disse no exemplo a cima (N.C.E)? Para tomarmos estas decisões sem o auxílio de pessoas próximas, temos que estarmos aptos para discernir o certo do errado.
     É neste caso, que muitas pessoas se perdem… criam uma certa idade, e já se acham donas de seu próprio umbigo.

  • “Achei que todos fossem meus amigos, quando fui ver fiquei para trás. Ou, tinha medo do que eles pensariam de mim, acabei sucumbindo a seus vícios na época da adolescência e não sai mais dessa vida. “

      Um erro gravíssimo, este caso é um dos que mais vimos em noticiários. Uma pessoa que tinha tudo para vencer na vida e acaba caindo na armadilha de outras pessoas má intencionadas.
Mais puro exemplo de uma mente fraca, na qual ela nasce e não tem uma base familiar, alguém que lhe instrua para seguir o caminho do que é certo.
    Podem falar o que for, mas nada melhor do que a educação que vem do berço (do âmbito familiar). Não que pessoas sem essa estrutura familiar a pessoa já nasça e vá para o lado torto da vida, mas que ela tem um sério risco de acabar lá na frente desviando o seu caminho… ah, ela tem!
Mas são casos e mais casos, tanto para as que não tem, como para as que também nascem com uma base familiar. Varia de pessoa para pessoa, dependendo muito do seu grau de consciência e também de sua índole.

     Este texto, eu quero que você encare como uma reflexão, como uma mensagem para você ou para alguém que você ainda possa e quer ajudar.


(compartilhe)
Do que adianta você saber e as pessoas ao seu redor não usufruir deste conteúdo?

Wesley / edição e revisão : @miyoshi_niceguy

0 comentários:

Postar um comentário

Se expressem , gritem , cornetem , comentem

Grato , blog 2 cabeças viajantes