FHM #112: Cuca, confusão e SPFC

          

                     Olá pessoal 

              O tema de hoje volta a ser o São Paulo, o Tricolor Paulista, que entra nesta nova fase com um ânimo diferente porém encaramos uma questão que é a confusão da diretoria se resolveu na chegada de um técnico cascudo ? A resposta disso é simples, o comando continua o mesmo e o foco passa a ser o time, não o fracasso dos diretores de futebol e presidente por contratações e decisões. 

            A crise que se passa nos bastidores do time é longa, como um deserto de títulos e dinheiro, o ponto de salvação é a grana das transferências e as poucas vitórias de efeito da última década como a Sul Americana contra o Tigres que não teve segundo tempo. O poder e soberania do time foi se desgastando com as derrotas e elencos cada vez piores apesar de passagem de ídolos e craques que foram contratados desde 2008 para cá. 

          Desde o fim triste de Juvenal Juvencio, o famoso JJ, e o comando do Leco antecedido pelo Miguel Aidar, polêmico por confusão e corrupção, essa é a situação política que vem passando no Alto comando tricolor. A movimentação de diretores e ideias de futebol por mais de uma década que tenderam ao fracasso por diversos motivos e sabotagens internas na disputa por cargos, Raí o atual mandachuva tem na mão a bucha desde o ano passado do retorno do São Paulo a um bom momento que tem sido um desafio em tanto com a pressão que se coloca na cabeça do Leco e Consequência a sua. 

         Vamos ao ponto, a chegada do técnico Cuca e o bom momento de jogo com o Vagner Mancini, deve retornar ao seu cargo no Brasileirão 2019, tem sido um chamariz para uma ação da diretoria de retomada da ordem no setor dos profissionais, entretanto, o acerto veio no erro de manter um treinador jovem sem bom aproveitamento e ainda forçar uma situação para tirar alguém de sua posição para poder treinar o seu time numa vagância de posto por mais de um mês, período entre a contratação e o poder assumir o banco do time, isso reflete uma confusão e má administração que ficou em segundo plano pela boa atuação dos garotos e vitórias afinal de contas. 

           Não se iluda, caro torcedor São Paulino, a paz é passageira e se a presidência não mudar na próxima eleição, as ideias não se renovarão e teremos mais uma vez a seca de títulos. O time é bom até a página 2, não se testou contra times maiores do que o Paulista e depender da capacidade de segurar os jogadores da diretoria, ano que vem pode estar tudo na Europa e o Tricolor Paulista a ver navios de novo com seu elenco. 

 Confira nossas redes sociais

             É isso, pessoal
            Até a próxima 

         

Comentários

confira :

Quinta do youtube #110: Estereótipos e perfis diferentes

Radar Musical #4: Estrelas pop em ascensão